Nota de falecimento: Jorge da Silva

 

A Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff) lamenta profundamente o falecimento do professor e cientista político Jorge da Silva, ocorrido na última terça-feira, 15 de dezembro.

Autor do livro "Violência e racismo no Rio de Janeiro", publicado em 1998 e reeditado em 2016 pela Eduff, Jorge da Silva foi criado no hoje chamado Complexo do Alemão e se valeu da própria vivência para incorporar ao estudo da violência o componente da discriminação racial, constantemente ignorado pelos estudiosos na temática.

Jorge da Silva era professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e professor conteudista do curso em EAD de Tecnólogo em Segurança Pública da Universidade Federal Fluminense (UFF). Quando serviu à Polícia Militar, exerceu o cargo de chefe do Estado-Maior Geral e foi, ainda, secretário de Estado de Direitos Humanos do Rio de Janeiro.

É também autor dos livros "Guia de luta contra a intolerância religiosa e o racismo" (Ceap / Seppir, 2009), "120 anos de abolição" (Hama, 2008), "Criminologia crítica: segurança e polícia" (Forense, 2008), "Direitos civis e relações raciais no Brasil" (Luam, 1994) e "Controle da criminalidade e segurança pública" (Forense, 1990).

À família e aos amigos e admiradores de Jorge, a equipe da Eduff presta suas condolências.