Cinema infância e religiosidade na Espanha franquista
Cinema, infância e religiosidade na Espanha franquista
Autor: Antônio Moreno
Páginas: 136
Formato: 16 x 23 cm
Peso: 0,235 kg
ISBN: 978-85-228-1337-7
Eduff
Edição: 1ª
Ano: 2019
Idioma: Português
Preço: R$ 35,00

Cinema, infância e religiosidade na Espanha franquista

 

Em forma de ensaio, o autor investiga em filmes espanhóis elementos que possam contribuir para uma reflexão mais estendida dos temas desenvolvidos na sua tese de doutorado "Cinema, ideologia e infância", tão em evidência e em convulsão na atualidade.

No caso espanhol, o discurso religioso pôde atuar, em paralelo com a ideologia política, de forma contundente, exercendo influência no comportamento e nos caminhos de uma sociedade.

A época enfocada vai dos anos 1950 a meados de 1970. Como contexto político de análise dos filmes, o franquismo - regime iniciado a partir da convulsão política da Guerra Civil Espanhola de 1936-1939. Regime que leva ao poder o general Franco e a ideologia franquista - de direita fascista -, que se alia oficialmente à Igreja Católica, dando a ela a pasta da Educação, numa época em que o pensamento de um Estado laico ainda não se intensificara. 

Moreno observa a evolução do cinema espanhol e enfatiza o fenômeno nominado de cine con niños, que teve seu apogeu no período abordado. Dois filmes exemplares estrelados por atores mirins são analisados: "Marcelino pão e vinho" (1955), dirigido por Ladislao Vajda, e "O pequeno rouxinol" (1956), por Antonio Del Amo.

Nas análises foi possível evidenciar o discurso político e a catequese da Igreja Católica, nos quais tabus ou dogmas morais e espirituais são induzidos/ensinados num momento em que a sociedade espanhola estava subjugada por um governo autoritário, de um só partido, estruturado em oligarquias e donos de terra e empenhado numa cruzada nacionalista sob o lema "pátria unida e família".

--> Sumário e introdução

--> Capa em alta resolução

Sobre o autor - Antônio Moreno é cineasta, pesquisador e professor da Universidade Federal Fluminense (UFF). Formado em jornalismo e em cinema pela UFF, dirigiu 15 curtas e é autor dos livros "A personagem homossexual no cinema brasileiro" (Funarte/Eduff, 2001), "Cinema brasileiro, história e relações com o Estado" (Eduff/Cegraf, 1994), e "A experiência brasileira no cinema de animação" (Artenova/Embrafilme, 1978).



Promoção Quinzena da Acessibilidade - Livros por R$ 5

Livros Eduff: estudantes, professores e técnico-administrativos da UFF têm 50% de desconto em compras presenciais na Livraria IcaraíDesconto em compras presenciais na Livraria Icaraí:
Reitoria da UFF, Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói






Eduff - Editora da Universidade Federal Fluminense
Rua Miguel de Frias, 9, anexo, sobreloja, Icaraí, Niterói, RJ - 24220-900
Telefones: (21) 2629-5287 (secretaria) / 2629-5293 (Livraria Icaraí)
E-mails:
livrariavirtual@eduff.uff.br (compras no site)
faleconosco.eduff@id.uff.br