Crédito descrédito Relações sociais de empréstimos na América Séculos XVIII ao XX
Crédito e descrédito: relações sociais de empréstimos na América - Séculos XVIII ao XX
Série Pesquisas, v. 12
Autores: Carlos Gabriel Guimarães e Luiz Fernando Saraiva (Orgs.)
Páginas: 386
Formato: 14 x 21 cm
Peso: 0,490 kg
ISBN: 978-85-228-1248-6
Eduff / Faperj
Edição: 1ª
Ano de publicação: 2018
Idiomas: Textos em português e espanhol
Preço: R$ 38,90

Crédito e descrédito: relações sociais de empréstimos na América - Séculos XVIII ao XX

 

Este livro oferece uma contribuição importante para a historiografia financeira do Brasil e da América Latina. Os organizadores respondem perguntas importantes com metodologias e novas conclusões.

A historiografia econômica brasileira exibe duas trajetórias: examinar a micro ou macroeconomia, exclusivamente, ou, ainda, enfatizar os sucessos e fracassos da economia.

Aqui se encontra uma análise bem mais detalhada. Na maioria dos casos, os historiadores do Brasil estudam bancos e bolsas de valores. Esta coletânea abra campo à maioria dos atores financeiros e a uma variedade impressionante de situações da intermediação.

A obra traz contribuições dos historiadores num campo em que predominam os economistas, mostrando uma variedade de atores e de instrumentos financeiros particulares e locais. Um rápido olhar revela essa diversidade e as várias tentativas de alinhar práticas, empresas e instituições. Dividida em três partes, traz os seguintes textos:

Parte I – O crédito no Setecentos

"Até que a confiança nos separe: as redes transimperiais e o mercado de crédito do Rio de Janeiro durante a segunda metade do século XVIII", de Fábio Pesavento

"Práticas creditícias e o cofre dos órfãos na vila de Curitiba (1780-1810)", de Tiago Gil

Parte II – O crédito no Oitocentos

"Pequeños acreedores de grandes deudores: clientes y acreedores de las casas bancarias cariocas en la quiebra de 1864", de Carlos Eduardo Valencia Villa

"Temprana globalizacion y despegue de la banca en Latino America, 1850-1873", de Carlos Marichal

"Parentes e credores: endividamento e variação do patrimônio de um senhor de engenho em Campos dos Goytacazes (1797-1833)", de Márcio Soares

"Crédito e tráfico: ingleses e americanos no negócio de escravos", de Marcia Naomi Kuniochi

"A curta vida do primeiro banco da província de Minas Gerais: o processo de falência do Banco Territorial e Mercantil de Minas", de Rita de Cássia da Silva Almico

"Crédito institucional no século XIX: bancos e tomadores em Campos dos Goytacazes", de Walter Luiz Carneiro de Mattos Pereira

"'Pertence à liberta Firmina, 09 de maio de 1888': relações de crédito na transição do trabalho escravo para o livre em uma região cafeeira – Zona da Mata mineira", de Luiz Fernando Saraiva e Jonis Freire

Parte III – O crédito na República brasileira

"Títulos ao portador e investimento empresarial nas primeiras décadas republicanas", de Teresa Cristina de Novaes Marques

"Dinâmica dos financiamentos: escrituras de empréstimos paulistanas (1912-1928)", de Renato Leite Marcondes

Sobre os organizadores

Carlos Gabriel Guimarães é graduado em História Econômica e Geral do Brasil, mestre em História pela UFF e doutor em História Econômica pela USP, com pós-doutorado na Universidade de Lisboa e Visiting Research Fellow no CEGBI/Universidade de York (Grã-Bretanha). É professor associado da UFF.

Luiz Fernando Saraiva é graduado em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora, mestre e doutor em História Social pela UFF, professor adjunto do Departamento de História nas disciplinas de História Econômica e Brasil Império e do Programa de Pós-Graduação em História da UFF.

--> Sumário, prefácio e apresentação

--> Capa em alta resolução

Cálculo automático de frete



 

 




Eduff - Editora da Universidade Federal Fluminense
Rua Miguel de Frias, 9, anexo, sobreloja, Icaraí, Niterói, RJ - 24220-900
Telefones: (21) 2629-5287 e 2629-5288
E-mails: livraria@editora.uff.br e faleconosco@eduff.uff.br