A política de cooperativização agrícola do Estado brasileiro 1910 1945
A política de cooperativização agrícola do Estado brasileiro (1910-1945)
Autora: Sonia Regina de Mendonça
Páginas: 102
Peso: 0,150 kg
ISBN: 85-228-0353-6
Eduff
Ano de publicação: 2002
Edição: 1ª
Idioma: Português
Indisponível

A política de cooperativização agrícola do Estado brasileiro (1910-1945)

 

A autora dá conta de dois objetivos simultaneamente: mostra com profundidade o processo de cooperativização agrícola no Brasil e revela que este sempre esteve atrelado ao projeto político nacionalizante e centralizador do Estado no período.

Desta forma, não apenas se detém na historiografia do movimento de criação de cooperativas agrícolas no Brasil, mas permite perceber também que naquele período analisado (1910/1945) já está em curso um projeto de Estado nacionalizante e centralizador, movimento que só é identificado pela maioria dos autores no período posterior a 1930, com a ascensão golpista de Vargas ao poder.

Além destas duas questões, é explorado o embate político subjacente ao processo de cooperativização. Naquele contexto, duas posições antagônicas estão em confronto: uma delas é a de inspiração rochdaleana, portanto democrática e autosugestionária; a outra submete os ideais cooperativos ao projeto do Estado e à necessidade de subordinação da agricultura a interesses a ela estranhos.