Narrativas do não ver re criações do corpo e do cegar
Narrativas do não ver: (re)criações do corpo e do cegar
Série Nova Biblioteca
Autora: Carolina Cardoso Manso
Páginas: 113
Formato: 16 x 23 cm
Peso: 0,200 kg
ISBN: 978-85-228-1020-8
Eduff
Ano de publicação: 2016
Edição: 1ª
Idioma: Português
Preço: R$ 23,00


Narrativas do não ver: (re)criações do corpo e do cegar

 

Nas narrativas colhidas pela autora, o cegar aparece como ação transformadora que marca a vida das pessoas que um dia foram tocadas pelo não ver. É esta dimensão de verbo que ela enfatiza em seu texto.

Longe de tomar a deficiência visual como um estado, substantivo que parece cristalizar a falta, o déficit, a incapacidade, a autora aposta na dimensão ativa do verbo: cegar como um processo ativo que envolve criar novos modos de existir, habitar o corpo, estar no mundo.

Carolina Manso colhe narrativas nas quais o cegar vai se tecendo de modo encarnado, vivido, experimentado, potente. São variações do ver e do não ver que se apresentam a cada linha.

A autora estuda a exploração de novos sentidos e de novas nuances. Impossibilitados de enxergar, os cegos aprendem a ver. Esse processo é analisado por ela como uma colcha de retalhos, cuja composição é resultado de diversas escolhas, o que constrói a cegueira como uma descoberta única e individual, além de empoderar o deficiente como criador de si e do mundo ao seu redor.

O interesse pelo tema surgiu durante a iniciação científica, quando a pesquisadora foi apresentada à relação entre deficiência visual e percepção. Desde então, sustenta a ideia de que a deficiência visual não representa um quadro estagnado, mas sim um caminho de conhecimento sobre as diferentes formas de existir. 


--> Sumário e introdução

--> Capa em alta resolução

Cálculo automático de frete

 


Eduff - Editora da Universidade Federal Fluminense
Rua Miguel de Frias, 9, anexo, sobreloja, Icaraí, Niterói, RJ - 24220-900
Telefones: (21) 2629-5287 e 2629-5288
E-mails: faleconosco@eduff.uff.br e ouvidoria@eduff.uff.br