Encenações do Brasil rural em Guimarães Rosa
Encenações do Brasil rural em Guimarães Rosa
Coleção Ensaios - Pós-graduação em Letras da UFF - Volume 22
Autora: Deise Dantas Lima
Páginas: 133
Peso: 0,175 kg
ISBN: 85-228-0336-6
Eduff
Ano de publicação: 2001
Edição: 1ª
Idioma: Português
Indisponível

Encenações do Brasil rural em Guimarães Rosa

 

No universo ficcional de "Corpo de baile", Guimarães Rosa tematiza o cotidiano dos pobres, envolvidos com o trabalho anônimo que lhes serve de meio de vida - personagens geralmente ignorados pelas abordagens mais conhecidas de sua ficção.

O proprietário tem sua riqueza resguardada e reproduzida não pela ação espetacular dos jagunços, mas pela rotina dos lavradores da terra alheia e pela lida dos vaqueiros, os "nômades da monotonia".

A ênfase sobre o cotidiano convoca a uma mudança no foco de leitura, que rasura imagens correntes do sertão - ora encarado como palco do conflito entre forças indomáveis e míticas, que animariam tanto o homem quanto a paisagem, ora representado como espaço de vazio a ser ocupado e reduto de miséria a ser superada pela força de um empenho civilizatório.

Estas perspectivas contribuem para congelar o aspecto dinâmico, complexo e contraditório - logo, histórico - que toda realidade representada contém. Em síntese, a contiguidade entre o sertão marcado pelos feitos grandiosos da jagunçagem e o seu outro, o humilde cotidiano dos trabalhadores da fazenda de pecuária, permite que "Corpo de baile" seja lido aqui como um "Grande sertão: fazendas".

 


 






Eduff - Editora da Universidade Federal Fluminense
Rua Miguel de Frias, 9, anexo, sobreloja, Icaraí, Niterói, RJ - 24220-900
Telefone: (21) 2629-5585 (secretaria)
E-mails:
livrariavirtual@eduff.uff.br (compras no site)
faleconosco.eduff@id.uff.br